Turistando no outono carioca!

Postal Rio de Janeiro
Postal Rio de Janeiro

Considero a cidade do Rio de Janeiro a minha segunda casa! Minha família por parte de pai mora no Rio e, desde pequena, vou para lá passar férias. O objetivo desta viagem foi comemorar o dia das mães com a minha. Além de visitar a família e os amigos, aproveitamos para renovar o guarda roupa (amo as roupas e as estampas cariocas!!! E o precinho então!), provar comidinhas diferentes e visitar os novos museus da cidade. Aproveitamos o climazinho de outono, com um friozinho gostoso (20 graus) para conhecer a região serrana. Resolvemos ir para Petrópolis e Penedo, esta última foi mais pela curiosidade de conhecer mais uma cidade que leva o sobrenome da nossa família (não foi nenhum familiar meu que fundou a cidade!). Assim, apresentarei os relatos da minha viagem em dois posts: um sobre meus passeios e compras na capital carioca; e outro sobre minha visita a Petrópolis e Penedo.

As passagens de avião de Maceió para o Rio estavam absurdamente caras, mas tive a brilhante ideia de procurar passagens saindo de Recife e encontrei uma maravilhosa promoção da Gol: R$300,00 ida e volta, já com taxas, e em voo direto. Não pensei duas vezes e comprei para mim e para a minha mãe. O ônibus da Real Alagoas, muito confortável por sinal, leva 3 horas e meia de Maceió até o aeroporto de Recife e custa apenas R$50,00. Como estávamos com malas relativamente grandes e até pelo horário, decidimos pegar um táxi (R$20,00) para atravessar a pista e entrar no aeroporto. A única inconveniência é a volta, pois o ônibus para Maceió não sai do aeroporto, apenas da rodoviária, que fica distante e no sentido oposto, sendo necessário ir de táxi (R$50,00). Existe a possibilidade de ir de metrô, mas com bagagens não é muito legal, pois são várias as baldeações. A volta demora um pouco mais, cerca de 4 horas e meia, mas deu tudo certo e foi uma viagem bem tranquila.

Dividirei este post em três grandes tópicos: a) passeios, museus e teatro; b) compras; e c) restaurantes e bares.

PASSEIOS, MUSEUS E TEATRO

As férias me deixam muito disposta! Em uma bela manhã, resolvi correr na pista que fica ao redor do estádio Maracanã(01), próximo à casa da minha tia onde eu estava hospedada. Confesso que fiquei um pouco decepcionada. Às vésperas das olimpíadas, um estádio que foi uma das sedes da copa de 2014, merecia uma estrutura melhor. Era para ser um complexo esportivo de primeiro mundo, mas nem as plaquinhas com a sinalização das distâncias percorridas tinham, as marcações estavam pintadas no chão, de 100m em 100m, porém apenas em uma parte, cerca de 1100m, não contabilizando a distância total da volta completa ao complexo. Além disso, senti falta de policiais, de equipamentos de ginástica e outros equipamentos públicos que pudesse, ser utilizados pela comunidade.

Corridinha ao redor do Maracanã
Corridinha ao redor do Maracanã

Mas um passeio que não tem como decepcionar é a caminhada pela belíssima orla de Ipanema (02), principalmente aos domingos, quando a avenida fica fechada para o lazer.

Eu, minha mãe e minha tia Silvana na praia de Ipanema
Eu, minha mãe e minha tia Silvana na praia de Ipanema

Coincidentemente, escolhemos uma terça-feira para visitar os museus do Centro da cidade: Museu do Amanhã (03) e Museu de Arte do Rio (MAR) (04). Às terças ambos os museus possuem acesso gratuito. Eles ficam na Praça Mauá, que foi totalmente reformada, recebendo ainda o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT).

Praça Mauá reformada
Praça Mauá reformada com o Museu do Amanhã ao fundo
Monumento em homenagem à Cidade Olímpica
Monumento em homenagem à Cidade Olímpica
Construção de uma das paradas do Veículo Leve sobre Trilhos - VLT
Construção de uma das paradas do Veículo Leve sobre Trilhos – VLT

Começamos pelo Museu do Amanhã, bastante interativo, lindo por dentro e por fora, e que usa algumas tecnologias sustentáveis: energia solar e sistema de ar condicionado com a água do mar. Sua exposição permanente possui uma sequência: Cosmos (De onde viemos?); Terra (Quem somos?); Antropoceno (Onde estamos?); Amanhãs (Para onde vamos?); Nós (Como queremos ir?); Galeria das formas; e Galeria do tempo. A exposição temporária,”O poeta voador, Santos Dumont”, mostrou as criações dele, principalmente os seus aviões, e suas poesias. A vista da baía de Guanabara é maravilhosa! Vale muito a pena a visita.

Hall de entrada do Museu do Amanhã
Hall de entrada do Museu do Amanhã
Exposição temporária do Museu do Amanhã - Santos Dumont
Exposição temporária do Museu do Amanhã – Santos Dumont

No MAR iniciamos a visita pela cobertura com uma maravilhosa vista do Museu do Amanhã, da Baia de Guanabara e do Centro da cidade. Depois fomos descendo pelos 3 andares de exposições: história do Rio de Janeiro enquanto capital do Brasil; poesias; e arte contemporânea.

Museu de Arte do Rio - MAR
Museu de Arte do Rio – MAR
Vista do Museu do Amanhã a partir do MAR
Vista do Museu do Amanhã a partir do MAR

Para mais um passeio pelo Centro, pegamos o metrô e descemos na estação Carioca. Caminhamos pela rua Gonçalves Dias, passando pela Confeitaria Colombo (05), construída em 1894, sendo uma das mais antigas da cidade, e por várias lojas. Retornamos pela rua Uruguaiana, com vários exemplares de arquitetura neoclássica.

Salão principal da Confeitaria Colombo
Salão principal da Confeitaria Colombo

Continuamos a caminhada em direção à Lapa, passando pelo Convento de Santo Antônio (06), pela Biblioteca Liceu (07) e pela Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro (08).

Convento de Santo Antônio no Centro do Rio
Convento de Santo Antônio no Centro do Rio
Biblioteca Liceu no Centro do Rio
Biblioteca Liceu no Centro do Rio
Fachada da Catedral do Rio
Fachada da Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro
Vitral visto od interior da Catedral do Rio
Vitral visto do interior da Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro

Caminhando em direção à Candelária, chegamos à Praça Deodoro. Ao redor dela estão o Teatro Municipal (09) (belíssimo!!), o prédio da Câmara dos Vereadores (10) e a Biblioteca Nacional (11), esta última está sendo restaurada. Tentamos entrar no teatro, mas, como estava tendo espetáculo, o acesso não foi permitido. Nos informaram que eles oferecem visitas guiadas de segunda a sexta das 11:00 às 16:00 e aos sábados das 11:00 às 13:00. Farei esse tour da próxima vez, com certeza, pois o teatro é muito lindo!

Teatro Municipal do Rio de Janeiro
Teatro Municipal do Rio de Janeiro
Edifício da Câmara dos Vereadores
Edifício da Câmara dos Vereadores

O único espetáculo de teatro a que assistimos dessa vez foi o musical Mulheres à beira de um ataque de nervos, com as atrizes Marisa Orth e Stela Miranda, no Teatro Oi Casagrande (12) no Leblon. Muito engraçado o musical e o cenário é muito dinâmico!

COMPRAS

Como falei no início no post, um dos objetivos dessa viagem foi comprar! A seguir eu listo os locais que escolhi para fazer minhas comprinhas.

  • Shopping Village Mall(13), shopping de luxo na Barra da Tijuca. Muito lindo e com lojas de grife, como Louis Vuitton e Prada, mas com pouco movimento. São poucas as lojas com preços acessíveis, uma delas é a americana Forever 21.
  • Feirinha Hippie de Ipanema(14) na Praça General Osório, clássico programa de gringo aos domingos. Gosto de ir lá, pois sempre encontro uma coisinha legal para comprar, apesar de ser uma feira cara, devido à presença de turistas do mundo todo
  • Feira Hippie da Babilônia, não é permanente e estava acontecendo no Lagoon (15) da Lagoa, um complexo às margens da lagoas Rodrigo de Freitas, com restaurantes, cinema e áreas para festas. Almoçamos no espaço Gourmet, com vários food trucks, e fomos conhecer as lojinhas. A feira é muito legal e descolada. Os preços não estavam muito em conta, mas garimpando achei umas roupinhas muito legais e com ótimos preços. O programa do fim de tarde foi um chá na casa de uma das amigas da minha tia.
  • Botafogo Praia Shopping (16),com a Animale Off (Outlet), onde costumo comprar meus vestidos de festa, mas os preços não estavam nada acessíveis!
  • Edifício Santa Clara 33 (17) em Copacabana (esse é o endereço e o nome do prédio), um edifício de 12 andares repleto de lojas de atacado e de varejo com ótimos preços. A dica é subir de elevador até o ultimo e descer pelas escadas. Gosto de pegar os cartões das lojas e, ao final, voltar para as que apresentam as melhores ofertas. A variedade de produtos é grande: roupas de festas, roupas do dia a dia para adultos e crianças, moda praia, moda fitness, bijuterias, calçados, entre outros. Consegui comprar muitas coisas legais! Minha mãe, que tem muita dificuldade para encontrar roupas e biquínis, finalmente, fez suas comprinhas!
  • Feirinha na rua do Lavradio (18) (Lapa), todo primeiro sábado de cada mês, com várias barraquinhas com produtos diversos, como roupas, calçados, acessórios e antiguidade. Voltamos por dentro da feirinha em sentido aos Arcos da Lapa e encontramos outra feira que também ocorre todo primeiro sábado de cada mês, a Retuke. Ela ocorre dentro dos bares. Achei muito interessante, pois os bares que já frequentei, como o Bar da Boa e o Teatro Odisseia, por exemplo, transformam-se temporariamente em feirinhas.
Feirinha do Lavradio na Lapa
Feirinha do Lavradio na Lapa
  • Feirinha na praça dos Arcos da Lapa (19), não é permanente e estava ocorrendo junto ao Circo Voador, com gastronomia e literatura: várias barraquinhas com cervejas e comidas artesanais e com livros.
Feirinha nos Arcos da Lapa
Feirinha nos Arcos da Lapa

RESTAURANTES E BARES

Eu não podia deixar de falar um pouco dos restaurantes e bares que frequentei, descrevendo um pouco das delícias que provei!

  • Restaurante La Mole(20), bem tradicional no Rio (o primeiro foi inaugurado em 1958) e possui diversas unidades espalhadas pela cidade, com opção de buffet e de comida a la carte. As massas e as carnes são deliciosas! End.: Av. Armando Lombardi, 175. Barra da Tijuca.
  • Boteco Belmonte(21) em frente à Feirinha Hippie de Ipanema com seus deliciosos chopes e a bandeja de empadas abertas e fechadas. End.: R. Teixeira de Melo, 53 B – Ipanema.

    Empada do Bar Belmonte
    Empada do Bar Belmonte
  • Café e Bistrô Santa Satisfação (22), restaurante que fica em frente à entrada do edifício. Escolhi o menu executivo do dia: salada de macarrão com camarões de entrada, risoto de peixe com camarão como prato principal e creme de coco com chocolate de sobremesa, uma delicia por R$39,90. Um prato que sai muito lá é o omelete com salada na cestinha de parmesão. Tudo muito gostoso! End.: Rua Santa Clara, 36-C. Copacabana.
  • Restaurante Nam Thai (23) no Leblon. Foi minha segunda vez lá e, mais uma vez, sai super satisfeita! Ele foi reconhecido internacionalmente pela autenticidade de sua cozinha tailandesa, por isso ganhou vários prêmios. Pedimos de entrada dim sum de verdura (R$12,00 por duas unidades), um pastelzinho no vapor com legumes e shitake. Os pratos principais que foram um sucesso: Kao Pad Bay Kaprow (arroz frito com frango, vegetais, shoyo, manjericão e ovo frito – R$49,00) e o tradicional Pad Thai (talharim de arroz frito com camarões, tiras de omelete, amendoim, coentro tamarindo e castanha – R$72,00). Dois pratos para três pessoas achei suficiente. End.: Rua Rainha Guilhermina, 95. Leblon.
Dim sum, a escolha para a entrada no Nam Thai
Dim sum, a escolha para a entrada no Nam Thai
Jantar no restaurante tailandês no Leblon, Nam Thai
Jantar no restaurante tailandês no Leblon, Nam Thai: Kao Pad Bay Kaprow e Pad Thai
  • Restaurante Filet e Folhas (24), próximo à praça Mauá. Eles oferecem várias opções, dentre elas a de montar pratos: grelhado + molho + 2 acompanhamentos; grelhado + molho + massa; ou grelhado + molho + salada. O grelhado de frango custa R$28,90 e o de filet mignon R$42,00. End.: Rua do Rosário, 104. Centro.
  • Restaurante Santo Scenarium (25), com uma decoração repleta de arte sacra. Ele fica ao lado do Rio Scenarium, bar de sucesso na cidade que atrai muitos turistas para curtir a noite. End.: R. do Lavradio, 36 – Centro.
  • Restaurante Guacamole (26), com um variado cardápio mexicano e texano, além da animação de descontraído com mariachis e tequileiros. End.: R. Jardim Botânico, 129 – Jardim Botânico.
Restaurante mexicano Guacamole no Jardim Botânico
Restaurante mexicano Guacamole no Jardim Botânico
  • Bar do Adão do Grajaú (27), com diversas unidades espalhadas pelo Rio, é famoso pelos pastéis fritos de diversos sabores. End.: Endereço Av. Engenheiro Richard, 105 A, Grajaú.

A semaninha passou rápido mas foi bem proveitosa! Não percam o próximo post sobre Petrópolis e Penedo! Até a próxima, pessoal!

Sites úteis:

Home

https://www.museudoamanha.org.br/

http://www.museudeartedorio.org.br/

https://www.metrorio.com.br/

http://www.lamole.com.br

http://santaclara33.com.br/

http://santasatisfacao.com/

http://namthai.com.br/

http://www.freewalkertours.com/

http://riofreewalkingtour.com/

http://www.rionoteatro.com.br/eventos/em-cartaz

mapa Rio de Janeiro com marcações

Fonte: http://www.rioservicetour.com.br/07maprio.htm

2 comentários

  1. Olá tudo bem ? Te convido a conhecer nosso blogdaflores.wordpress.com está repleto de coisas boas logo logo terá sorteios rolando nos siga , curta , compartilhe com seus amigos estará nos ajudando é muito , Obrigada *-*

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s