Safári no deserto de Abu Dhabi

Olá, pessoal!

Continuando meus relatos sobre a viagem que fiz aos Emirados Árabes Unidos em março de 2017, neste post tratarei especificamente do safári que fiz pelo deserto de Abu Dhabi. Esse é um passeio imperdível! A maioria das pessoas faz o safári em Dubai, que são bem cheios e acaba não sendo possível aproveitar adequadamente. Por isso, e por ser mais perto da cidade, resolvemos fazer o safári pelo deserto de Abu Dhabi e foi maravilhoso!

Como éramos seis pessoas, entramos em contato com a agência de turismo Emirates Adventure e contratamos, por AED 175 (cerca de R$170,00) por pessoa, um carro exclusivo que nos pegou em casa e nos levou para o deserto.

Equipe pronta para o Safari no deserto

Pelo menos eu, quando penso em um safári, já me vem à cabeça girafas, elefantes, leões na África. Porém, eles usam esse termo no sentido de expedição de aventura. Ela começa pelas dunas do deserto, onde o motorista realiza diversas manobras radicais. É impossível não comparar com os passeios pelas dunas nordestinas, como as do Ceará, mas a principal diferença está no veículo: luxuosos carrões 4×4 extremamente seguros, e não os bugres do passeio brasileiro.

Carros e motoristas do safári
Deserto de Abu Dhabi

Após quase uma hora de aventura pelas dunas, com muita emoção, fizemos uma parada para fotos com os camelos. Não são muito bonitos, mas são bem fofinhos!

Eu e meu amigo camelo

Depois chegamos ao nosso destino final: o acampamento no meio do deserto. Esse é o lugar onde a maior parte das atividades são realizadas: sand boarding, passeio de quadriciclo, passeio de camelo, observação do pôr do sol, henna, jantar, prova de shisha e show de dança do ventre. Como estávamos em um carro privativo, chegamos antes do restante das pessoas e conseguimos aproveitar com tranquilidade todas as atrações.

A base no deserto

Eles colocam à disposição gratuitamente pranchas de sandboard. Nunca havia praticado antes. Mas, até que me dei bem!

Sandboard

A aventura seguinte foi o passeio de camelo, que parece fácil, mas a “decolagem” assusta! heheh!! Isso, na hora que o camelo se levanta, parece que vamos cair!

Passeio de camelo

Dentro do acampamento tem um “closet” com roupas típicas. Lógico que atacamos! E olha o resultado: um sheik com cinco esposas. Lembrando que apesar da “poligamia” ser permitida por lá, tem um limite: quatro esposas. Portanto, nosso sheik Hélder estava infringindo as regras!

A caráter no deserto!
Fabi e eu com a vestimenta típica feminina: abaya

O pôr do sol do deserto é impressionante! Um dos mais lindos que já vi! É um cenário maravilhoso para fotos. Fizemos um verdadeiro book!

Galera aguardando o pôr do sol
Salto no deserto
Pôr do sol
Sol se pondo
Agradecendo!

Após o espetáculo do pôr do sol, fui fazer uma tatuagem de henna (fazia parte do pacote). A moça faz bem rapidinho, só que ela só avisou depois que levava 10 dias para sair. Me assustei, pois achei bem forte, mas ela me explicou que aquela casquinha escura iria cair e o desenho ficaria bem discreto. E foi o que aconteceu! É bom deixar uma gorjetinha para ela!

Fazendo tatuagem de henna
Henna
Resultado final da henna

Algo bem típico da cultura árabe é a shisha, um equipamento que vaporiza tabaco com sabores. Eles se juntam em grupo para compartilhá-la, mas cada um tem uma piteira (onde coloca a boca) descartável por questões de higiene. Eles separaram no acampamento um espaço com várias shishas para as pessoas provarem. Não curti muito, pois não consigo fumar nada, mas não podia deixar de provar e registrar algo tão típico!

Hora da shisha!

A alimentação estava inclusa no pacote. Eles serviram um buffet bem farto e variado com bastante salada e também tinha sobremesa. As bebidas, com exceção das alcoólicas, estavam disponíveis “gratuitamente” durante todo o tempo que ficamos no acampamento, assim como chá e tâmaras.

Jantar no deserto

Para fechar com chave de ouro esse dia maravilhoso, teve uma apresentação de dança típica. A dançarina arrasou! Após seu espetáculo solo, ela convidou a plateia para participar e, ao final, virou balada!

Dança do ventre
“Balada” ao final do show

Todo esse passeio dura cerca de 6 horas. Eles nos pegaram em casa por volta das 15:30 e nos deixaram de volta em torno das 21:30. Os que estão viajando sozinhos, em dupla ou em um grupo reduzido, também podem fazer o mesmo passeio. A agência, assim como várias outras que oferecem o mesmo pacote, marcam pontos de encontro em locais centrais, e, algumas buscam os clientes nos hotéis. É importante perguntar qual o carro que será utilizado no passeio, mas, no dia do meu passeio, todos os carros eram semelhantes ao que nos levou e bastante seguros!

Aguardem os próximos posts, nos quais falarei sobre a Grande Mesquita de Abu Dhabi e os parques temáticos desse emirado.

Até a próxima!

Leiam mais:

DUAS SEMANAS NA CAPITAL DOS EMIRADOS ÁRABES UNIDOS – ABU DHABI

Explorando a Grande Mesquita Sheik Zayed – Abu Dhabi

Qual o parque temático mais legal em Abu Dhabi?

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s